Buscar
  • Marcio Menezes

Speaking- Por que é tão difícil falar em inglês?


Você se sente um peixe fora d´água quando num grupo todos falam inglês só você não? Se você perdeu o bonde do inglês, não se preocupe. Muita gente perdeu. Mas esta não e uma condição eterna. É possível com boa vontade construir as bases para sua fluência verbal em inglês. Selecionei abaixo algumas dicas importantes para você que quer chegar a fluência e acredita que ela é absolutamente alcançável:

1- Não queira falar perfeito, apenas fale com os elementos que dominar e usando as estruturas que dispor. Quanto mais você for tolerante com seus erros mais você tem chances de chegar a fluência. Um Coach em inglês pode ajudá-lo a identificar os erros sem inibi-lo e fornecer estruturas que você ainda não tem. É necessário que ele seja hábil o suficiente para fazê-lo repensar seus erros sem tirar a espontaneidade com a qual sua fluência se desenvolve. Gravar e ouvir-se é uma das técnicas excelentes que bons profissionais fazem para melhorar sua fluência. Ao nos ouvirmos é como se colocássemos um espelho a nossa frente onde enxergamos exatamente como estamos falando.

2- Tente desenvolver sua fluência num ambiente neutro e geralmente longe de pessoas com as quais você não se sinta a vontade falando. Esta privacidade inicial ajudará bastante a não se sentir tímido e intimidado em frente a pessoas que você acha que "julgarão" seu inglês. Um ambiente neutro com um tutor particular é o cenário mais favorável.

3- Convença-se de uma coisa: Não há método mágico. Mas de fato, levar um aluno à fluência não é para qualquer um . As escolas tradicionais têm deixado uma legião de pessoas frustradas . Suas metodologias estão com os dias contados. Fuja dos métodos papagaio que só te levarão a memorizar palavras. A aquisição de um idioma é um processo que envolve percepção, cognição e métodos associativos. Mas cuidado. Não entre nessa estória de que fluência é algo adquirível em 30 dias. Vamos ser francos. Isso não existe. O prazo médio é 12 meses para que você chegue a se comunicar e lembre-se: o idioma é uma aquisição; ou seja. VocÊ terá de fazer sua parte no processo. Não tem saída.

4- Goste de inglês! Isso ajuda bastante. Como? Descubra séries da Netflix que você goste, músicas ou filmes. Encante-se por alguma figura pública que fale inglÊs.. Descubra suas conexões com a língua. Quanto mais você compreender que o inglÊs pode levá-lo por vários caminhos novos, mais sua resistência em relação ao idioma vai diminuir. Além disso, faça uma busca na memória para lembrar o que te fez não gostar do idioma. Um professor ruim, uma frustração, um teste com um resultado abaixo do esperado. Enfim... supere isso. Dê a chance e diga a si mesmo: Desta vez vai dar certo!

5- Abra sua percepção em torno do idioma. . Estamos cercados de Inglês por todos os lados. Nenhuma outra língua depois da nossa língua nativa, está nos rodeando de maneira tão intensa. Inglês está por tudo. Então use isso a seu favor na formação de vocabulário e do desenvolvimento da sua percepção do idioma.

6- Por fim, pratique. Pratique muito. A prática constante e a insistência dá resultados. Monte um programa de aulas que faça que você tenha contato com a língua toda semana. Inglês é como músculo. Se não malhar, não cresce!

Todas estas dicas devem sempre vir acompanhadas de uma boa dose de boa vontade, disposição e o acompanhamento de um tutor que o ajude. É importante contratar alguém que não faça desta atividade uma atividade lateral. Assim vocÊ terá alguém a sua frente comprometido com os seus resultados!

#inglês #coacheminglês

0 visualização

Rua Apinajés, 1967
Perdizes -São Paulo, SP 

mmcesar21@hotmail.com

  • Facebook Social Icon

Tel: (11) 963584488

© By Marcio Menezes- Copyright 2019